Etílicos e sedentos lança quinto álbum de estúdio, ouça: “CRONOFOBIA”

Compartilhe

“Chicão, brusquense, adulto, estudado na teoria, desestruturado na prática. Mãe superprotetora e pai ausente”, é assim que a banda catarinense Etílicos e Sedentos descreve o protagonista do álbum “Cronofobia”, já disponível nas principais plataformas digitais.

O disco conceitual narra em dez faixas, a história de Francisco Xuaner – o Chicão – suas vivências, encantos e neuroses – inspirada na vida de alguns dos integrantes da banda e de seus amigos, criados no interior de Santa Catarina.“‘Cronofobia’ conta em primeira pessoa a vida desse personagem fictício, tendo como temática principal a passagem do tempo em sua vida, desde o nascimento até a fase adulta, num ambiente que compreende Brusque/SC, seus costumes e sua gente”, revela o baterista Juninho Tavares.

Além de Tavares, a Etílicos e Sedentos, formada em 2006, é composta por Cleber de Limas (voz), Lucas Fischer (guitarra) e André Gomes (baixo). “Cronofobia” é o quinto álbum do grupo influenciado pelo rock nacional de Ira, Cazuza, Nação Zumbi, Arnaldo Antunes, Vivendo do Ócio, Legião Urbana e Raul Seixas.

“Cantar pra mim” foi a faixa escolhida para a divulgação do disco produzido Davi Carturani e Etílicos e Sedentos. “É uma música que fala de amor à primeira vista, de cumplicidade e de encontros especiais. Ela abre o álbum, introduz a história de ‘Cronofobia’, e fala sobre o nascimento do personagem e sua forte ligação com a figura materna”, diz o baterista.


 Ouça “Cronofobia” na íntegra clicando aqui.

Projeto Gráfico: André Carlos Gomes
Via Farol Music

Compartilhe

Comentários

Plano Mainstream

O Plano Mainstream inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6

Plano Garage

O Plano Garage inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6