FABIANO NEGRI totalmente imerso no Heavy Metal!

Compartilhe

A sexta-feira 13 é considerada sinônimo de má sorte – ou até mesmo de maldição. Mas não se trouxermos isso para o Rock pesado. Afinal, foi numa sexta-feira, 13 de fevereiro de 1970, que os britânicos e o mundo conheceram o icônico álbum homônimo de estreia da clássica banda Black Sabbath, trabalho esse considerado o criador do Heavy Metal. E também numa sexta-feira 13, só que dessa vez de maio e 52 anos depois, que o vocalista, compositor e multi-instrumentista Fabiano Negri lança “ZebathY”, seu mais novo álbum solo em formato físico e digital.

E há uma relação profunda entre este disco e o trabalho de estreia de Ozzy OsbourneTony IommiGeezer Butler e Bill Ward. Além do Black Sabbath ser a banda preferida de Fabiano Negri, esta é sua primeira incursão solo em um álbum totalmente Heavy Metal“A ideia inicial era fazer um álbum que buscasse a sonoridade dos primórdios do metal”, comentou Fabiano. Mais que isso, o músico aproveitou para criar um álbum conceitual tratando do preconceito velado que ele identifica contra as mulheres no ambiente do Rock e logicamente do Heavy Metal, em especial nas redes sociais. “Desde o simples ‘não gosto de bandas com vocal feminino’ até o escracho, uma combinação de sexismo, machismo e misoginia”, identifica ele. Assim, a história gira em torno de uma mulher que teve a vida destruída por conta dos preconceitos, entrega-se a vícios e padece com a depressão. Porém, tudo sofre uma reviravolta quando uma entidade oferece um acordo de vingança contra quem causou-lhe tanto mal. O desfecho? Só ouvindo esse trabalho e acompanhando as letras para saber!

Ouça agora “The Pure and the Damned“:

Uma história densa como essa, que em alguns momentos se aproxima do horror, merece um som à altura. Assim, o peso predomina por todas as 8 faixas de “ZebathY”. A guitarra bem timbrada de Fabiano (que também gravou vocais e bateria; Ric Parma encarregou-se do baixo) é o fio condutor auxiliada por criativos arranjos de bateria, o que faz com que o trabalho tenha o clima que seu tema exige.

Antecipando o lançamento, três singles já foram divulgados pelo músico, “The Pure And The Damned”, tema que abre o álbum, “The Night Stairway” e “Seven Reasons To Die”, todas com suas melodias e riffs instigantes.

O tracklist de “ZebathY” é:

1- The Pure And The Damned (04:18)
Confira em: https://youtu.be/36j3LZdtrKE
2- The Night Staryway (05:49)
Confira em: https://youtu.be/cRl0t7e1FVE
3- Seven Reasons To Die (06:07)
Confira em: https://youtu.be/bvskrdVEc_w
4- The Universal Builder (04:46)
5- Envy’s Lust (04:57)
6- Bloody Dawm (04:40)
7- Princess’ Stoned Sleep (05:02)
8- ZebathY (The Mistress Of Darkness) (08:20)

“ZebathY” foi gravado no Sonic Paw Studio, com a produção conjunta entre Fabiano Negri e Ric Parma, e contou com a participação mais que especial de Ian Pinheiro, filho de Fabiano, que gravou bateria na faixa “Bloody Dawn” e backing vocals em “Princess’ Stoned Sleep”. Arte de capa e encarte são assinados por Wagner Galesco.

Confira os vários pacotes para aquisição desse trabalho no site do artista em: 
www.fabianonegri.com/loja-1

Fotos por Juliano Futra
Release por Antônio Carlos Monteiro

Adaptação/Edição por Johnny Z.
via JZ Press

Compartilhe

Comentários

Plano Mainstream

O Plano Mainstream inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6

Plano Garage

O Plano Garage inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6