Midnight Guest lança “Satanic Panic Attack”, EP consagra a banda na cena internacional

Compartilhe

“Satanic Panic Attack” é o mais novo lançamento do Midnight Guest, o EP traz quatro faixas. Mixado por Daniel Stunges, masterizado por Arthur Joly e com capa de Juarez Tanure, o lançamento traz influências musicais do Black Sabbath, Type O’Negative e rock alternativo. É obscuro, mas ao mesmo tempo dançante.

O EP “Satanic Panic Attack” traz um jogo de palavras; “Satanic Panic” vem do “pânico satânico” dos anos 80, em que as pessoas botavam a culpa de tudo num suposto envolvimento de algo com satanismo; queimavam discos de rock e falavam que Dungeons & Dragons era coisa do diabo. Uma mistura de histeria com caça às bruxas.  “Panic Attack”, vem de um tema que aparece em 3 das 4 músicas do EP: ansiedade e ataques de pânico. Midnight Guest juntou uma das coisas que mais aflorou durante a pandemia: o aumento da ansiedade entre as pessoas e também as caças às bruxas e luta contra moinhos de vento que a gente tem visto principalmente desse governo maluco e seus apoiadores, apesar disso me parecer ser um fenômeno global. ]

Sobre as canções:
“Sounds Like Doom”: A inspiração inicial foi a queda de Constantinopla em 1453 e como seria estar dentro de uma cidade sitiada. O subtexto é sobre a síndrome do pânico, ansiedade e tentativa de não ficar paralisado pelo medo.

“The Hour of the Wolf”:  As letras são inspiradas no filme de mesmo nome de Ingmar Bergman e no poema do século 16 “The Dark Night of the Soul”. Uma frase do filme resume bem: “A Hora do Lobo é a hora entre a noite e o amanhecer. É a hora em que a maioria das pessoas morre, quando o sono é mais profundo, quando os pesadelos são mais reais. É a hora em que os insones são perseguidos por seu medo mais profundo, quando os fantasmas e demônios são mais poderosos. A Hora do Lobo é também a hora em que nasce a maioria das crianças ”. “Todo mundo tem sua hora do lobo em sua noite escura da alma”, menciona Daniel Stunges enquanto compõe a faixa.

“If I Could”: é sobre a ansiedade causada por ser bombardeado com muitas informações, o peso das escolhas e o sentimento de paralisia. É uma música que tenta ser minimalista, hipnótica e tem uma seção Bridge / solo inspirada em Thin Lizzy.

“Carve Heaven Outta Hell”: É a primeira música composta por Daniel Stunges junto com os demais integrantes da banda. Musicalmente é super Black Sabbath, bem lento, pesado e cheio de dissonâncias. O solo de guitarra no final foi tocado pelo vocalista Kjetil.

Como uma ponte entre o presente e o passado, Midnight Guest sintoniza o heavy rock e occult rock dos anos 70 com um olhar moderno.  O projeto criado em 2020 pelo guitarrista Daniel Stunges se une ao vocal de Kjetil Landsgard, direto do Canadá, e aos músicos Tadeu Correa na bateria e Eduardo Oliveira no baixo. A gênese de Midnight Guest vem da vontade de criar dentro do gênero do occult rock, popularizado por nomes como Black Sabbath e Ghost, mas que também tivesse uma atitude punk mesclada ao metal, como é o caso de Motörhead e Misfits. Essa sonoridade mais analógica guiou toda a produção.

Ouça agora:
“Satanic Panic Attack”

via Collapse Agency

Compartilhe

Comentários

Plano Mainstream

O Plano Mainstream inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6

Plano Garage

O Plano Garage inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6