Você é um artista e nem sabia!

Compartilhe

Papo Criativo

Você cria versos? Canta no chuveiro? Toca algum instrumento? Batuca ou batucava na escola? Tem um fascínio por música e pela força que ele tem de tocar e conectar pessoas? Bom, você no mínimo é um artista e não sabe ou não foi estimulado a isso.

Ser artista não quer dizer que você necessariamente vai ser uma estrela pop, ou um pintor famoso. Porém você tem uma ânsia por expressar o que sente e muitas vezes tem vontade de que isso chegue aos outros para que as coisas façam mais sentido para ambos os lados (tanto para quem solta quanto para quem recebe).

Prazer, me chamo Luis, pode me chamar de Oak. Vamos conversar um pouco sobre a criatividade que cada um temos internamente, esta que as vezes grita tão alto que precisamos opinar, expressar, criar algo.
Lembro-me de quando comecei a tocar guitarra e violão… Não entendia muito o que acontecia, mas eu gostava daquilo. Gostava de controlar um instrumento e criar melodias tortas ali. Reproduzir o que um dia foi criado por algum individuo considerado famoso. Você se sente vivo. Mais vivo, eu diria.

Não pretendo entrar em papos filosóficos contigo, fique tranquilo(a), mas posso dizer que o mundo é assim. É sobre criar e destruir, destruir e criar. Renovar. Inovar. Então se você ainda não toca nenhum instrumento, não se expressa através de nenhuma ferramenta artística, sugiro que comece já.

Passamos uma vida querendo deixar a nossa marca no mundo. Entramos em um grupo e queremos algum papel ali. Na empresa que começamos a trabalhar queremos um destaque. No relacionamento queremos executar um papel em excelência, muitas vezes nos espelhando no que vemos nos exemplos ao redor, assim criamos parâmetros. Sempre procurando por algum tipo de mérito pelos nossos feitos. É como se a vida fosse um papel em branco e estamos sedentos para deixarmos nossa marca e atingirmos o máximo de pessoas possível com isso. Quem não quer eternizar de alguma forma?

Sua marca pode começar pequena, não é necessário ser o melhor compositor de sua cidade. Nem nada do tipo, apenas crie. Expresse-se. Deixe a sua marca no mundo. Em alguns casos demora para entendermos nossa real importância, mesmo que pareça tão micro, comparado a pessoas que atingem o macro de nossa organização social, todos temos nossa importância e relevância.

Pense em no vocalista da sua banda de metal favorita. Bom, ele com certeza é alguém admirado por uma parcela de pessoas. Talvez muitas. Sua maneira de criar é única. Podemos fazer covers, podemos criar coisas semelhantes, mas nada será igual aquilo. Essa é a chave. Essa é a questão. Não há melhor nesse caso. Ele é tudo o que é pois acreditou que valeria a pena trabalhar sua peculiaridade, o que podemos também chamar de individualidade.

Somos criativos, temos a ânsia por criar e marcar. Crie um verso. Quem sabe crie uma banda. Erre, acerte, erre de novo, continue, mas faça. O que está esperando para ser o mais novo Rockstar? Não se engane achando que será fácil. Porém além de todo o esforço feito para chegar na excelência, o que te chamou a atenção nas bandas que você gosta foi exatamente o diferencial dos criadores. Se fossemos apenas cópias uns dos outros ninguém teria destaque.

Então volto a te perguntar, o que está esperando para criar a música que vai estourar nas rádios? Ou pelo menos para começar a deixar a sua marca, independente da área? Você é um artista, mesmo que não tenham te falado isso antes. Agora você já sabe. Boa caminhada, independente do tamanho dessa estrada.


Compartilhe

Comentários

Plano Mainstream

O Plano Mainstream inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6

Plano Garage

O Plano Garage inclui:

• Item 1
• Item 2
• Item 3
• Item 4
• Item 5
• Item 6